Histórico

Construir conhecimento interconectado possibilita maior capacidade de enfrentar criativamente os problemas, qualificar a formação acadêmica e aprofundar o compromisso social.

Foi com esse objetivo e com o desejo de construir novas práticas de ensino, pesquisa, extensão e inovação tecnológica que a Universidade de Passo Fundo iniciou, em 2014, uma proposta de integração dessas áreas, organizando a I Semana do Conhecimento UPF, com o tema “Universidade em Movimento”, e, em 2015, promoveu a segunda edição da Semana do Conhecimento, entre os dias 3 e 6 de novembro, com a temática “Integrando Práticas e Transversalizando Saberes”. Em 2016, entre os dias 3 e 7 de outubro, foi realizada a terceira edição, com o tema “Universidade e Comunidade em Transformação”. Neste ano, em sua quarta edição, a Semana do Conhecimento teve como tema “Compartilhando e Fortalecendo Redes de Saberes” e os desafios propostos foram: avançar na perspectiva da transversalidade dos saberes das diferentes áreas do conhecimento, bem como, no compartilhamento e fortalecimento das redes de saberes, o que irá intensificar as relações entre a universidade e as comunidades e seus diferentes sujeitos.

Esse evento integrou a Mostra de Iniciação Científica, em sua XXVII edição, e a Mostra de Extensão, em sua XI edição. Por seu histórico, essas mostras trazem e compõem a riqueza da Semana do Conhecimento, ao mesmo tempo em que resgatam e fazem convergir essas experiências no presente. Em 2015, ampliou-se o evento, com a inserção de outras práticas, como trabalhos de pós-graduação lato e stricto sensu, Pibid, Pró e Pet-Saúde, o que foi mantido em 2016, ano em que a participação também foi ampliada aos estudantes do Integrado UPF.
A Universidade é um espaço que contribui com a constituição da realidade social, fazendo com que as ações reflitam e façam refletir a vida em sua dimensão local, regional e global.
Assim, a partir da compreensão sobre a responsabilidade inerente ao lugar ocupado pela universidade é que se busca produzir conhecimentos de forma articulada, dialogada e indissociável nos âmbitos do ensino, da pesquisa, da extensão e da inovação tecnológica. Dessa forma, é possível realizar práticas que respondam às demandas sociais em uma perspectiva ética e comprometida com um projeto de sociedade democrática e cidadã.

A Semana do Conhecimento visa consolidar espaços permanentes de formação e sensibilização para um olhar integralizado sobre as práticas desenvolvidas na UPF, possibilitando colocar tanto o pensar-sobre quanto o agir-com em um movimento comum.

No ano de 2017, a IV Semana do Conhecimento recebeu a inscrição de 1123 trabalhos, sendo 701 na XXVII Mostra de Iniciação Científica, 299 na XI Mostra de Extensão e 123 na Mostra de Pós-Graduação.